Menu

Diabetes Gestacional

DIABETES GESTACIONAL

Conceito:Diabetes gestacional (DMG) consiste no    elevado nível de glicose no sangue que inicia e é diagnosticado na gestação.

 Causas: Os hormônios da gestação podem impedir que a insulina  cumpra  sua função. Altos índices de glicose no sangue da mãe levam glicose adicional ao bebê podendo fazer com que o bebê ganhe peso extra.

Entre os fatores de risco de apresentar Diabetes Gestacional podemos citar:

  • Estiver com mais de 25 anos ao engravidar

  • Possuir histórico familiar de Diabetes

  • Tiver histórico anterior de bebês com mais de quatro quilos ou com alguma má formação

  • Apresentar presença de glicose na urina

  • Ser hipertensa

  • Apresentar peso acima do normal antes de engravidar

Exames: O Diabetes Gestacional geralmente inicia no início da gravidez. Todas gestantes devem  fazer o teste oral de  tolerância à glicose entre a 24° e 28° semana de gestação para verificar a ocorrência da doença. As mulheres que apresentam fatores de riscos do diabetes gestacional devem fazer o teste antes deste período. Depois que o Diabetes Gestacional é diagnosticado é possível verificar o nível de glicose em casa, fazendo um pequeno furo na ponta do dedo e colocar uma gota de sangue em um aparelho que faz a análise da glicose.

Sintomas: Geralmente não há sintomas ou os sintomas são leves e não apresentam risco de morte para a grávida. Com frequência a glicemia volta ao normal após o parto.

  • Visão embaraçada

  • Fadiga

  • Infecções frequentes

  • Aumento da sede

  • Aumento na quantidade de urina (poliúria)

  • Náuseas e vômitos

  • Perda de peso

Tratamento: O objetivo do tratamento é manter o nível de glicose no sangue dentro dos limites normais durante a gravidez e garantir que o bebê seja saudável.

  1. Dieta: A dieta deve ser moderada em gordura e proteína e fornecer níveis controlados de carboidratos (frutas,hortaliças) e carboidratos complexos  (pão,cereais,massa e arroz).Será necessário eliminar alimentos que contém açúcar na sua composição como refrigerantes, sucos de frutas, doces em geral. Realizar três refeições pequenas ou médias e comer um ou mais lanches. Não pule as refeições nem os lanches. Mantenha a mesma quantidade e os tipos de alimentos todos os dias. Se a glicemia continuar elevada mesmo com o tratamento dietoterápico pode-se iniciar tratamento medicamentoso para DMG por via oral ou terapia insulínica. A maioria das mulheres com diabetes gestacional consegue controlar o nível de  glicose sanguíneo e evitar danos a elas e aos bebês.

      2. Atividade física orientada

Complicações possíveis:

  • Complicações relacionadas ao parto devido tamanho do bebê

  • Desenvolvimento de diabetes no futuro

  • Morte fetal

Prevenção: Começar o pré-natal cedo e realizar consultas regulares e conhecer os fatores de risco do DMG e fazer exames de triagem entre a 24° e 28° semana de gestação ajudam a diagnosticar a doença. Redução do IMC antes da gestação também diminuirá o risco de desenvolver diabetes gestacional.

 

Nut. Andréia da Cunha Seferim - CRN 2 5203

FUC – Hospital Padre Jeremias

Deixe um comentário

voltar ao topo