Menu

Hospital Amigo da Criança

A Iniciativa Hospital Amigo da CriançaIHAC foi criada em 1990 pela Organização Mundial da Saúde e UNICEF, em resposta ao chamado para a ação da Declaração de Innocenti, conjunto de metas criadas com o objetivo de resgatar o direito da mulher de aprender e praticar a amamentação com sucesso (WHO/UNICEF, 1990). Nos últimos quinze anos essa iniciativa tem crescido, contando atualmente com mais de 20 mil hospitais credenciados em 156 países do mundo, incluindo o Brasil.
 
A Iniciativa Hospital Amigo da CriançaIHAC está inserida na Estratégia Global para Alimentação de Lactentes e Crianças de Primeira Infância criada em 2002 pela OMS/UNICEF, que busca apoio renovado à amamentação exclusiva, do nascimento aos seis meses de vida, e a continuidade da amamentação por dois anos ou mais, com introdução de alimentação complementar adequada e no momento oportuno.
 
Seus Critérios Globais compreendem a adesão aos “Dez Passos Para o Sucesso do Aleitamento Materno”, que são as recomendações que favorecem a amamentação a partir de práticas e orientações no período pré-natal, no atendimento à mãe e ao recém-nascido ao longo do trabalho do parto e parto, durante a internação após o parto e nascimento e no retorno ao domicílio, com apoio da comunidade. 
 
Os Dez Passos são úteis também para capacitar à equipe hospitalar que trabalha com mães e bebês para informar sobre as vantagens e o correto manejo do aleitamento materno e sobre as desvantagens do uso dos substitutos do leite materno, das mamadeiras e das chupetas, entre outros. 

 

Dez Passos para o Sucesso do Aleitamento Materno

Passo 1 - Ter uma norma escrita sobre aleitamento materno, que deve ser rotineiramente transmitida a toda equipe de cuidados de saúde.

Passo 2 - Treinar toda a equipe de cuidados de saúde, capacitando-a para implementar esta norma.

Passo 3 - Informar todas as gestantes sobre as vantagens e o manejo do aleitamento materno.

Passo 4 - Ajudar as mães a iniciar o aleitamento na primeira meia hora após o nascimento.

Passo 5 - Mostrar às mães como amamentar e como manter a lactação, mesmo se vierem a ser separadas de seus filhos.

Passo 6 - Não dar ao recém-nascido nenhum outro alimento ou bebida além do leite materno, a não ser que tal procedimento seja clinicamente indicado.

Passo 7 - Praticar o alojamento conjunto - permitir que as mães e bebês permaneçam juntos 24 horas por dia.

Passo 8 - Encorajar o aleitamento materno sob livre demanda.

Passo 9 - Não dar bicos artificiais ou chupetas a crianças amamentadas ao seio.

Passo 10 - Encorajar o estabelecimento de grupos de apoio ao aleitamento, para onde as mães deverão ser encaminhadas por ocasião da alta do hospital ou ambulatório.

Fonte: www.portal.saude.gov.br/

 

A FUC – Hospital Padre Jeremias, detém o título de “Hospital Amigo da Criança”, desde 2001. Conheça a nossa história em busca do título.